segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Exposição "PINTURA NAIF"


"PINTURA NAIF em Azulejo"
de
Maria de Jesus Fernandes

 

Arte naïf é, em termos gerais, a arte que é produzida por artistas sem preparação académica naquilo que executam (o que não implica que a qualidade das suas obras seja inferior). Caracteriza-se, na sua essência, pela simplicidade que resulta numa beleza desequilibrada, mas por vezes bastante sugestiva.


» Núcleo Museológico Agrícola, em Benavente
» Patente até 26 de Novembro de 2011





Maria de Jesus Fernandes nasceu em São Martinho de Mouros (Resende) em 1937.

Em 1970 foi trabalhar para a “Viúva de Lamego”, fábrica essa que mudou a sua vida.

Mesmo sendo uma simples empregada de limpeza, um dia alguém a incentivou e lhe deu um pequeno azulejo, um pincel e algumas tintas, foi então que a sua carreira de pintora começou.

Após a sua separação, surgiu a oportunidade de começar a expor os seus trabalhos. Foi galardoada em diversas exposições, nomeadamente, o primeiro prémio, em 1994, no Casino do Estoril, o segundo prémio em 2002 no Casino do Estoril, o terceiro prémio em 1993 no Palácio da Foz e por fim as menções honrosas que lhe têm sido atribuídas anualmente desde 1985.

A sua primeira exposição, decorreu na Estufa Fria em Lisboa, mas já expôs dentro e fora do país, em locais como: Figueira da Foz, Coimbra, Espinho, Espanha, ex-Checoslováquia, Holanda, ...

Com um grupo de artistas plásticos, fundou o Museu de Guimarães, onde se encontram expostas várias obras suas. O seu valor artístico faz com que tenha actualmente cerca de duas mil obras em vários países

A sua técnica única granjeou-lhe desde sempre um lugar de destaque no estilo naïf muito apreciada, especialmente no estrangeiro, tendo sido convidada, ao mais alto nível, para uma mostra em Tóquio.

Em 2011 surge a oportunidade de expor em Benavente, estando os seus trabalhos patentes ao público no Núcleo Agricola do Museu Municipal de Benavente, até ao próximo dia 26 de Novembro.